Licor de Ginja Óbidos

A origem da Ginja não é precisa. Presume-se que tenha vindo da Ásia Menor através das rotas comerciais mediterrânicas. Plínio, o velho, terá elogiado a ginja do nosso território, a Lusitânia. Óbidos beneficia de um microclima favorável à qualidade deste fruto, condições que lhe valeram um estatuto especial no continente europeu. O licor terá surgido por volta do século XVII como receita conventual. Aos poucos difundida pela região, esta receita foi praticada domesticamente pelas famílias locais.

De cor avermelhada, textura homogénea e sabor perfumado e agridoce, o Licor de Ginja de Óbidos é uma bebida generosa e sui generis, sem semelhança com nenhuma outra, único no seu gênero. O seu sabor original e o seu aroma peculiar tanto podem ser apreciados como aperitivo, como podem ser excelentemente combinados com sobremesas.

Há tesouros enormes que cabem num copo, escondidos à vista de todos!

 

 

Texto Eugénio Roda