Portugal de Sabores & Tradições

Maio — 2016

O Segredo de 3

O mesmo ingrediente, mas três pratos diferentes? Sim!

Na terceira edição queremos apresentar-lhe um ingrediente que se tem reinventado, mas que faz parte de uma das indústrias mais antigas de Portugal. Fomos à procura de três blogueres que melhor soubessem trabalhar este ingrediente tão especial.

Os blogueres aceitaram o nosso desafio e criaram inovadoras receitas em que este ingrediente secreto é o elemento principal.

 

Na Cozinha de uma Universitária – Joana Ventura

De uma brincadeira surgiu o blog de Joana que, quando entrou na faculdade e teve a necessidade de viver sozinha, começou a “desenvolver o gosto por inventar e recriar” as suas ideias na cozinha e a partilha-las nas redes sociais. Na Cozinha de uma Universitária transmite a identidade de um blog de uma estudante “onde facilitar é a palavra de ordem”. A possibilidade de “formar diferentes combinações com os mesmos ingredientes” e dessa forma despertar sentidos é o que torna a culinária atrativa para a estudante de engenharia. O sucesso do blog proporcionou a realização de workshops para estudantes e a participação num curso de confeção artesanal de chocolates e bombons. A bola salgada de sardinhas criada para O Segredo de 3 é uma receita simples e saborosa que surgiu quando a jovem transmontana procurava uma receita de strudel de maçã e decidiu criar uma versão salgada para acompanhar uma salada.

BOLA SALGADA DE SARDINHAS

Ingredientes:

Para a massa:
• 200 gr de farinha integral
• 1 ovo
• 50 ml de água
• 1 colher de sopa de azeite
• 1 pitada de sal

Para o recheio:
• 2 latas de conservas de sardinha em tomate
• 1/2 cebola média
• 1/2 chávena de azeitonas às rodelas
• 1 molho de salsa fresca

Para servir:
• 1 gema
• Sementes de sésamo q.b.

Preparação:

Misture a farinha e o sal, adicionar o ovo batido, a água e o azeite e envolva manualmente até obter uma mistura homogénea.
Coloque num recipiente e tape com película aderente. Deixe repousar num local quente por 30-35 minutos.
Pique finamente a cebola e a salsa.
Retire a espinha das sardinhas e cortar em pedaços. Reserve.
Pré-aqueça o forno a 180ºC.
Polvilhe um pano de cozinha (ou papel vegetal) com farinha. Coloque a massa no pano e, com auxílio de um rolo da massa, estenda até esta se encontrar bastante fina.
Preencha metade da massa estendida com as sardinhas e o respetivo molho, cubra com a cebola e a salsa picadas e as azeitonas.
Com a ajuda do pano enrole a massa começando pela extremidade com recheio.
Coloque num tabuleiro forrado com papel vegetal, pincele com uma gema e polvilhe com sementes de sésamo.
Leve ao forno por 40 minutos ou até dourar.
Sirva quente ou frio acompanhado de salada.

 

Faz & Come – Rui Ribeiro

O facto de “não haver limites”, de ser possível “combinar e contrastar sabores, aromas, texturas, cores” e de existir uma “partilha constante” é o que leva Rui Ribeiro a ser um apaixonado por culinária. “Acho que a culinária se resume não só a prazer, mas também a uma partilha constante”, explica o habitante de Monção. No blog Faz & Come, online desde 2014, Rui regista, partilha e divulga as receitas por si criadas e testadas em que a simplicidade e a beleza da imagem são os pontos fortes. Através da experiência na blogosfera já foi convidado para participar em eventos e para testar diversos produtos, fruto do reconhecimento do seu trabalho. Assumido “fã de conservas”, uma vez que permitem refeições saborosas, equilibradas e rápidas, Rui criou para O Segredo de 3 um prato de ervilhas tortas com petingas em que é “valorizada a facilidade de elaboração e o sabor”.

ERVILHAS TORTAS COM PETINGAS

Ingredientes:

• 1 cebola média
• 200 gr de ervilhas tortas
• 2 latas de petingas fumadas em azeite
• 2 colheres de sopa de polpa de tomate
• Sal q.b
• Pimenta q.b

Preparação:

Escorra as petingas e coloque duas colheres de sopa do azeite da conserva num tacho. Leve a fogo médio até aquecer.
Adicione a cebola cortada em meias luas finas e deixe refogar durante cerca de 5 minutos, até ficar translúcida.
Arranje, lave e escorra as ervilhas e adicione-as à cebola. Adicione também a polpa de tomate e a água.
Tempere com um pouco de sal e pimenta e cubra com meio copo de água.
Tape o tacho e deixe cozinhar em fogo médio durante 5 a 10 minutos, mexendo de vez em quando.
Retifique os temperos, coloque as ervilhas num prato de serviço, regue com o molho e disponha por cima as petingas.

 

Ananás e Hortelã – Inês Mendes

“Cozinhar é uma forma de amar, de partilhar memórias e afetos”, garante Inês Mendes, autora do blog Ananás e Hortelã. Experimentar novos ingredientes, testar receitas e “viajar num prato de comida” é o que deixa esta bloguer feliz. Veterinária de profissão, Inês viu na criação do blog um escape do trabalho e uma forma de partilhar receitas. “O nome surgiu num contexto banal, num dia de calor na praia, em que a vontade de um sumo de ananás e hortelã era mais que muita”, revela. Graças ao blog já teve a oportunidade de realizar uma exposição de fotografia de culinária na Figueira da Foz, em outubro de 2014. Para O Segredo de 3, Inês criou um prato de massa “leve, fresco, económico e rápido de preparar” com inspiração “nas conservas portuguesas, no mar e nas sardinhas da Figueira da Foz”, cidade de onde é natural.

MASSA COM SARDINHA, TOMATE E LIMÃO

Ingredientes:

• 250 gr de macarrão ou penne
• 1 fio de azeite
• 1 alho picado
• 1 chávena bem cheia de tomate cherry
• 1 lata de sardinha em azeite com limão
• 1/3 chávena de azeitonas pretas descaroçadas
• Raspa de ½ limão
• Sal q.b.

Para servir:
• Sumo de limão
• Folhas de manjericão

Preparação:

Num tacho com água a ferver, coloque sal q.b. e a massa a cozer até ficar al dente. Depois de cozida, escorra, reservando um pouco da água da cozedura.
Enquanto a massa coze, prepare o molho. Numa frigideira grande coloque um fio de azeite e o alho picado, deixando dourar. Adicione depois os tomates cherry cortados em metades e deixe refogar por 4 minutos (até amolecerem e libertarem os sucos). Junte depois os filetes de sardinha escorridos, sem pele e sem espinhas e envolva. Por fim, coloque as azeitonas cortadas em rodelas e um pouco da água de cozedura da massa (cerca de ¼ de chávena). Deixe ferver um pouco, mexendo. Tempere com sal a gosto e junte a raspa de limão, apagando depois o lume.
Junte a massa escorrida à frigideira do molho e envolva bem.
Sirva com umas gotas de sumo de limão e manjericão fresco.

 

http://ptsabores.com/o-segredo-e-a-conserva/

Descarregar ficheiro