Essential Lisboa

O JOSE GOURMET APRESENTA UMA RECEITA SIMPLES QUE COMBINA PRODUTO NACIONAL, DESIGN DE PRIMEIRA ÁGUA E MUITA CRIATIVIDADE

De há uns tempos a esta parte são várias as marcas “gourmet”, de origem regional, mais ou menos tradicionais, que têm surgido apresentado os seus produtos com uma roupagem contemporânea ou propositadamente revivalista, criada com o intuito de prender a o atenção do potencial consumidor.

Não são novidade, apenas uma tendência atual que se contrapõe á massificação predominante na indústria alimentar à qual o mercado já demonstrou recetividade.

Entre outros, estas pequenas empresas têm o mérito de acrescentar valor a produtos que por si só não têm qualquer chance de romper a lógica da oferta e da procura, Ao mesmo tempo que ajudam a reanimar e propiciam mesmo o surgi-mento de pequenas indústrias, dão continuidade a tradições algumas das quais em sério risco de desaparecerem.

Mas se a preservação é importante mais ainda é dar-lhe continuidade.

A Jose Gourmet, empresa familiar fundada por Adriano Casal Ribeiro coadjuvado pelo designer e ilustrador Luís Mendonça, (um dos gémeos responsáveis pela editora Eterogémeas) é uma das marcas que opera nesta área e aposta numa interessante combinação entre produtos genuinamente portugueses e a capacidade criativa das novas gerações.

Com pouco mais de dois anos de existência a Jose Gourmet tem no design um dos seus principais factores de diferenciação. A originalidade e qualidade da abordagem está bem patente naquele que já é o ex-libris da casa, as embalagens da coleção de latas de conserva e das mais recentes compotas, para a criação das quais Luís Mendonça convidou diversos ilustradores e um escritor, Emílio Remelhe, responsável pelos imaginativos textos que descrevem o produto contido no interior.

Entre os produtos que a Jose Gourmet comercializa numa base de fair trade, para além das conservas e das comportas, estão, entre outros, azeites, vinagres, queijos, vinhos ou aguardentes, cuja origem e fabricante, corno Casal Ribeiro faz questão de informar, estão sempre devidamente identificados.

Mas se as embalagens atraem os olhos, porque estes também comem, o que se encontra no interior não é de todo descurado. Para além de urna selecção criteriosa de fornecedores a Jose Gourmet tem vindo a desenvolver urna colaboração coro Luis Baena, um dos mais conceituados chefes portugueses a quem se reconhece um posto muito especial pela experimentação, que desenvolveu todo um receituário para adultos e crianças que acompanha as conservas e se encontra a trabalhar em novos produtos, nomeadamente na típica lampreia que quer colocar à venda conservada em frasco.

Disponível nas melhores lojas gourmet do país e brevemente em diversos hotéis, Adriano Casal Ribeiro relembra no entanto que o objectivo maior da marca é a internacionalização. Os produtos já se podem encontrar no Luxemburgo, Espanha, República Checa, e está-se a iniciar a exportação para Dinamarca, Brasil, Irlanda, Macau e Hong Kong.

Ideias para o futuro não faltam a Adriano que conta abrir brevemente um espaço próprio no Porto. Ai, para além dos produtos gourmet, estará disponível merchandising nacional desenvolvido pela marca, bem como o resultado de um dos projetos que mais entusiasma Adriano, que prefere ainda não revelar, mas que como sempre terá selo tradicional português.

Descarregar ficheiro