Agenda Cultural Lisboa

Junho — 2011

Sardinha em lata

A conservação dos alimentos existe desde tempos imemoriais, mas foi apenas no século XIX que surgiram os processos e técnicas com base científica e as primeiras latas de conserva. As conservas portuguesas têm fama de serem as melhores do mundo. As conservas Tricana, fabricadas em exclusivo para a histórica Conservaria de Lisboa, são já um clássico na cultura popular e na gastronomia nacional. Aos apetecíveis rótulos de papel retro, juntam-se a também irónica sardinha em diversas versões. Renovando a tradição, a José Gourmet aposta nos melhores e mais genuínos produtos portugueses, ode a sardinha é uma ilustre presença. Fundada em 2008 por Adriano Casal Ribeiro, a marca procura igualmente criar uma imagem inovadora em cada produto. As latas de conserva, lançadas em 2010, contam com ilustrações de André Letria, Gémeo Luís e André da Loba, entre ouros artistas portugueses, e são já objecto de desejo para os coleccionadores. “A responsabilidade gráfica da José Gourmet é de Luís Mendonça (Gémeo Luís) que teve espaço para libertar a sua fantástica energia criativa. Queremos recuperar produtos de grande qualidade alimentar e isso significa também restituir a memória e promover a nossa identidade. A melhor forma de comemorar o nosso património é garantir que ele faça parte do dia-a-dia. O nosso objectivo é atrair o cliente pela embalagem, surpreendê-lo e fidelizá-lo pelo palato”, afirma o fundador da marca. A tradição ainda é o que era.

JOSÉ GOURMET SURPREENDER PELA EMBALAGEM E PELA QUALIDADE

Descarregar ficheiro